Páginas

sexta-feira, 1 de julho de 2011

Piadassos dá quatro sem tirar de dentro do contexto

Um tipo está a jogar tênis e leva uma bolada forte no pênis, causando um 'trauma muscular peniano'.
Em agonia, dirige-se ao médico:
- Doutoire, acho que quebrei a pênis, veja o que é que podes fazeire por mim...
Vou casar no final da semana; a minha noiva é virgem e não posso decepcioná-la.
- Não se preocupe, vou tratar de si de maneira que esteja tudo em ordem para o dia do seu casamento.
Então, pega 4 pauzinhos, que habitualmente são usados para examinar a garganta dos pacientes e, com fita adesiva, consegue prendê-los ao redor do pênis, de forma a recuperar a rigidez do mesmo.
O tipo não conta nada à noiva, casam-se, e na noite de núpcias, já na privacidade do quarto, a noiva fogosa arranca os botões da blusa e mostra-lhe os peitos, exclamando:
- És o primeiro! Nunca nenhum homem tocou estes seios!
Para não ficar atrás, o noivo abre a braguilha, baixa as calças e exclama:
- Olha, estás a ver?
Ainda está encaixotado!

--------------------

Fui visitar na UTI o meu vizinho, japonês, vítima de grave acidente automobilístico.
Estava entubado, olhos fechados, totalmente imóvel.
Em pé na beira da cama, vendo ele sereno, repousando com todos aqueles tubos, fiz uma oração silenciosa.
Em dado momento, repentinamente ele acordou, arregalou os olhos e gritou:
- Sanso no hoso kara ashi o tote kure konoyaro!!!
Em seguida, suspirou e morreu.
As últimas palavras do amigo ficaram gravadas na minha cabeça!
Na missa de sétimo dia, fui dar os pêsames à mãe do amigo:
- Dona Fumiko, o Sujiro, antes de morrer, me disse estas palavras: "Sanso no hoso kara ashi o tote kure konoyaro". O que isso quer dizer?
Ela olhou-me espantada e traduziu:
- TIRE O PÉ DA MANGUEIRINHA DE OXIGÊNIO, FILHO DA PUTA!
Enviada por Fernandes
----------

Três amigas falavam sobre os maridos.
Uma comentou, quando faço sexo com o Manoel, percebo que suas bolas são geladas.
A segunda amiga disse: Eu também percebo que as bolas do Antonio também são geladas.
A terceira amiga falou:- Eu nunca percebi, mas esta noite quando for fazer sexo com o Joaquim, vou passar a mão em suas bolas.
No dia seguinte estavam as duas amigas conversando, quando chegou a terceira amiga; toda machucada, com o rosto roxo e inchado.
As amigas perguntaram: o que aconteceu Maria, que estás toda machucada desse jeito?
-A culpa é de vocês duas.
-Ontem fazendo sexo com o Joaquim, passei a mão em suas bolas e disse à ele:
-Engraçado Joaquim, as suas bolas não são geladas como as do Manoel e as do Antonio.
----------

Um advogado dirigia distraído quando, num sinal de PARE, passa sem parar, em frente a uma viatura do BOPE.
Policial: - Boa tarde. Documento do carro e habilitação.
Advogado: - Mas por que, policial?
Policial: - Não parou no sinal de PARE, ali atrás.
Advogado: - Eu diminui e como não vinha ninguém...
Policial: - Exato.... Documento do carro e habilitação.
Advogado: - Você sabe qual é a diferença jurídica entre diminuir e parar?
Policial: - A diferença é que a lei diz que num sinal de PARE, deve-se parar completamente. Documento e habilitação.
Advogado: - Ou não, policial. Eu sou advogado e sei de suas limitações na interpretação de texto de lei. Proponho-lhe o seguinte: Se você conseguir me explicar a diferença legal entre diminuir e parar, eu lhe dou os documentos e você pode me multar. Senão, vou embora sem multa.
Policial: - Positivo, aceito. Pode fazer o favor de sair do veículo, Sr. Advogado?
O advogado desce e então os integrantes do BOPE baixam a porrada, soco pra tudo quanto é lado, tapa, botinada....
O advogado grita por socorro, e implora para pararem.
E o policial pergunta:
- Quer que a gente PARE ou DIMINUA?
Advogado:
- PARE!....PARE!...PARE!...
Policial:
- Positivo... Documento e habilitação
Enviadas por Nita Maria
----------

Um surdo e uma surda se casaram.
Durante a primeira semana, eles descobriram que eram incapazes de se comunicar na cama quando a luz estivesse apagada, pois não podiam enxergar a linguagem dos sinais.
Depois de várias noites pensando em alguma solução, a esposa disse, gesticulando:
- Querido, por que não fazemos alguns sinais simples? Por exemplo, à noite, se você quiser fazer sexo comigo, pegue no meu seio esquerdo uma vez.
Se não quiser fazer sexo, pegue no meu seio direito uma vez.
O marido acha uma grande idéia e gesticula de volta para a esposa:
- Ótima idéia! E se você quiser fazer sexo comigo, balance meu pinto uma vez. Se não quiser, balance meu pinto 250 vezes.
...BEM RÁPIDO!
Enviada por Danilo Sarafana

0 comentários:

 Adaptação do desenho em ago/2013 por Amorim Sangue Novo - Jornalista Responsável - MTB/SP 59858 - amorinfo@bol.com.br - 55 18 99668-9058.