Páginas

segunda-feira, 13 de agosto de 2012

As melhores de agosto


O Velho fazendeiro do interior de Minas está em sua sala, proseando com um amigo, quando um menino passa correndo por ali.
Ele chama:
- Diploma, vai falar para sua avó trazer um cafezinho aqui pra visita!
E o amigo estranha:
- Mas que nome engraçado tem esse menino! É seu parente?
- É meu neto! Eu chamo ele assim porque mandei minha filha estudar em Belzonte e ela voltou com ele.
Enviada por Nita Maria
--------------------

  Um casal de namorados decide transar de uma forma bem natural, ao ar
 livre, num pic-nic.
 Pegam o fusquinha e vão até uma praia bem afastada.
  Estacionam e prosseguem a pé. Finalmente chegam até uma praia linda e deserta.
  Ele, bastante amoroso, estende a toalha e, como ventava muito, decide  colocar uma garrafa de Coca-Cola em cada ponta da toalha para que ela  não voasse.
  Sentam e se beijam...  Fazem juras de amor...
  Depois de um lanche, ele, cuidadoso, coloca a moça de quatro e venda  os olhos dela conforme planejado.
 Porém, na hora 'H', vê que esqueceu a camisinha...
 Então diz:-  'Amor, eu esqueci a camisinha. Vou correndo buscar, me  espere exatamente desse jeitinho'.
  E sai correndo até o carro pra buscar a camisinha.
  Depois que ele sai, um bêbado passa pelo local e vê a cena.
  Coça a cabeça e, mesmo sem acreditar no que estava vendo, decide
 chegar e conferir.
  Não resistindo, o bêbado transa com a garota, que não pára de gemer.
  Depois que tudo termina, satisfeito, o bêbado olha para as garrafas em volta da toalha e diz:-
 A COCA É FODA MESMO!...
 DUVIDO QUE A PEPSI FAÇA UMA PROMOÇÃODESSAS!
------------------

- Doutor, quando eu era solteira tive que abortar seis vezes. Agora que casei, não consigo engravidar.
- Seu caso é muito comum: você não reproduz em cativeiro.
----------

- Doutor, tenho tendências suicidas. O que faço?
- Em primeiro lugar, pague a consulta.
----------

- Doutor, sou a esposa do Zé, que sofreu um acidente; como ele está?
- Bem, da cintura para baixo ele não teve nemum arranhão.
- Puxa, que alegria. E da cintura para cima?
- Não sei, ainda não trouxeram essa parte.
----------

Após a cirurgia:
- Doutor, entendo que vocês médicos se vistam de branco. Mas por que essa luz tão f orte?
- Meu filho, eu sou São Pedro.
----------

No psiquiatra:
- Doutor, tenho complexo de feia.
- Que complexo que nada.
----------

- Doutor, o que eu tenho?
- Ainda não sei, mas vamos descobrir na autopsia.
----------

- Meu médico é um incompetente. Tratou do fígado de minha esposa por vinte anos e ela morreu do coração.
- O meu é muito melhor. Se trata você do fígado, você morre do fígado.
----------

Um psicanalista no consultório de outro:
- Doutor, venho ao colega para me aconselhar em um caso impossível.
- De que se trata, colega?
- Estou atendendo um argentino com complexo de inferioridade!
----------

O psiquiatra incentiva o paciente:
- Pode me contar desde o princípio...
- Pois bem, doutor! No princípio eu criei o céu e a terra...
----------

O psiquiatra para o paciente:
- Meu amigo, eu tenho uma boa e uma má notícia para você. A má é que você tem fortes tendências homossexuais.
- Meu Deus, doutor! E qual e a boa notícia?
- A boa notícia é que acho você um gato
----------

- Sabe como diferenciar o psiquiatra do seu paciente?
- O psiquiatra é aquele que tem a chave do consultório.
----------

O paciente chega ao Psiquiatra tímido, cabisbaixo:
- Doutor, eu tenho dupla personalidade.
- Esquenta não, meu filho. Senta aí e vamos conversar nós quatro...
----------

Paciente chega ao médico e se queixa:
- Doutor, estou com dor aqui do lado direito da barriga e meus olhos ficaram amarelados!
O médico responde:
- Muito bem, e o sr. bebe?
- Obrigado, eu aceito uma dosezinha!
----------

Quando chega um paciente babando e fazendo sons esquisitos no consultório do neurologista, ele exclama:
- Ai, meu Deus! O que eu faço?
Já quando chega um paciente babando e fazendo sons esquisitos no consultório do neurocirurgião, ele exclama:
- Ai, meu Deus! O que foi que eu fiz?
----------

No consultório psiquiátrico:
Paciente:
- Doutor, vou lhe contar um segredo: eu sou um galo!
O psiquiatra resolve aprofundar a anamnese:
- E desde quando o senhor acha que é um galo?
Paciente:
- Ah, desde que eu era um pintinho.
----------

Sabem qual a diferença entre um clínico, um cirurgião-geral, um psiquiatra e um patologista?
O clínico: Sabe tudo e não resolve nada.
O cirurgião: Não sabe nada mas resolve tudo.
O psiquiatra: Não sabe nada e não resolve nada.
O patologista: Sabe tudo, resolve tudo, mas sempre chega atrasado
----------
O cara sofria de amnésia e procurou o médico:
- Doutor, estou com uma terrível amnésia.
- Desde quando?
- Desde quando, o quê, doutor?
----------

Psiquiatra para o paciente bebum:
- O senhor vai parar de beber cerveja, durante um ano só vai beber leite.
- Outra vez, doutor?
- O que, o senhor já fez esse tratamento?
- Já, durante os primeiros meses da minha vida...

0 comentários:

 Adaptação do desenho em ago/2013 por Amorim Sangue Novo - Jornalista Responsável - MTB/SP 59858 - amorinfo@bol.com.br - 55 18 99668-9058.