Páginas

domingo, 26 de janeiro de 2014

A privada de ouro

Em uma cidade do interior foi construída uma boate super luxuosa.

Um caipira foi lá para conhecer e ficou abismado com tanto luxo.

Depois de beber bastante precisou ir ao banheiro e ficou boquiaberto: o vaso sanitário era de ouro.

Fez o serviço e depois foi embora. No dia seguinte contou aquilo aos amigos que não acreditaram então desafiou todos para irem lá naquela noite para verem com os próprios olhos a privada de ouro. Chegando lá perceberam que apesar do luxo o vaso sanitário era do tipo comum. Então o caipira resolveu perguntar ao garçom porque tinham tirado a privada de ouro do banheiro.

- Privada de ouro? Pergunto o garçom.

- Sim, até usei ela ontem. Respondeu o caipira.

Então o garçom virando-se para o palco gritou para um dos músicos:

- Ei Zé achei o cara que cagou no seu trombone.

Retirado da página de Neia Molon no Facebook

0 comentários:

 Adaptação do desenho em ago/2013 por Amorim Sangue Novo - Jornalista Responsável - MTB/SP 59858 - amorinfo@bol.com.br - 55 18 99668-9058.